• Cleiton Vicente

Cartão de crédito é seu amigo, você é que pisa na bola


Veja como utilizar o cartão de crédito corretamente de uma vez por todas. Passo a passo para utilizá-lo sem deixar virar uma bola de neve e ainda aproveitar as vantagens que ele lhe proporciona (e não estou falando só de milhas e programas de pontos).

Ahhhh... E chega de quebrar cartão de crédito como se a culpa de tudo fosse dele. É possível viver em paz com esse ótimo meio de pagamento.


Falar que cartão de crédito não é bom, que ele é o principal culpado das pessoas entrarem em dívidas, perder o sono e gastar compulsivamente, são crenças limitantes.

Conheço muitas pessoas que se dão muito bem com o cartão de crédito, e eu sou uma delas, portanto venha fazer parte do grupo que sabe aproveitar bem o cartão de crédito:

Calcular SEMPRE: Salário futuro menos (-) despesas futuras

O 1º passo é não esperar a próxima fatura chegar. Não dá certo.

O segredo é calcular quanto será o total da próxima fatura conforme você utilizar o cartão. Se o seu cartão tem fatura online melhor ainda. Exemplo:

Utilizou o cartão? No mesmo dia ou no máximo no dia seguinte, lance o valor gasto da compra em uma planilha ou anote em uma folha.

Utilizou novamente? Faça a soma do acumulado anterior com o gasto atual. Somente desta forma você identificará quanto custará sua próxima fatura.

O 2º passo é calcular, salário futuro (+) subtrair (-) todas despesas incluindo as do cartão (que você já calculou previamente) e descubra o saldo do seu dinheiro futuro.

Se você olhar para seu saldo futuro e identificar por exemplo que estará R$ 50,00 positivo, logo entenderá que qualquer compra no cartão acima disso irá estourar seu orçamento.

Desta forma, você identificará quando encerrou sua cota de compras, e não o limite total do cartão. Não é porque o cartão tem determinado limite que você precisa estourá-lo.

Quando utilizar o cartão de crédito

Utilizar para pagar todas as despesas com o objetivo de acumular milhas (falaremos disso abaixo), exige que você seja Expert no item anterior, ou seja, que você tenha um controle impecável de suas contas.

Agora se não é o seu caso, recomendo utilizar o cartão de crédito para outras três opções:

Emergências: Geladeira que pifou, bateria do carro, chuveiro queimou, enfim, coisas que não dá para remediar.

Lembrando que é importante possuir uma reserva de emergência. Explicação bem resumida no nosso Instagram deixa bem claro o que é, link direto: Reserva de emergência.

Compras sem desconto no pagamento à vista: Peça desconto, se não conseguiu, pague no cartão, porém reserve o dinheiro para pagar a fatura.

Compras pela internet: Além dos descontos em compras online, é mais seguro pagar com cartão de crédito do que pagar à vista e correr o risco de não receber o produto. É mais fácil cancelar a compra. Para reservas, como hotéis por exemplo:

Faltando seis meses para sua viagem, você encontra um hotel com bom preço e informa os dados do seu cartão para garantir a reserva. Faltando um mês para viagem você encontra outro hotel mais em conta, cancela o anterior sem custos (de acordo com a reserva feita inicialmente).

Limite da renda para comprometer com o cartão de crédito

Muitas pessoas perguntam "Quanto do meu salário deve ser para pagar a fatura do cartão de crédito?"

Não importa o limite que você tem disponível para compras. O limite ideal é que você comprometa um valor abaixo do que você investe por mês, afinal o que é mais importante, torrar o cartão ou investir nas coisas que você sonha ter um dia?

Para quem não investe nada por mês, recomendo pagar de fatura do cartão de crédito até 20% da sua renda, mas acima de tudo, aprender a investir para conquistar coisas que te trará felicidade duradoura, e não gastar apenas com coisas que te trazem alegrias momentâneas.

Se você quer continuar curtindo a vida, mas também realizar novas conquistas, guardar dinheiro e aumentar seu patrimônio, entre em contato no financas.vc@gmail.com para um trabalho personalizado de acordo com suas necessidades.


Cartão de crédito com ou sem anuidade?

As duas formas são boas. Depende do quanto você gasta por mês...

Você que tem um alto consumo no cartão de crédito, pode compensar pagar a anuidade, ou negociar boas tarifas com a operadora. Tudo depende do cartão que você tem, se você paga uma anuidade absurda, talvez compense não acumular pontos.

Para você entender esta lógica, quem utiliza cartão de crédito Nubank por exemplo:

Gastos mensais abaixo de R$ 1.583,00, não compensa pagar anuidade. Economia entre R$ 190,00 até R$ 228,00 ao ano.

Se você gasta mais do que isso vale á pena pagar anuidade e acumular pontos para trocar em passagens aéreas, hotéis, produtos, enfim, no que você preferir. O que você gastará por mês de anuidade, compensará nos pontos que você conseguir.

Nunca pagar o mínimo da fatura

Você sabia que se você for pagando o mínimo da fatura em questão de meses sua fatura dobrará o valor?

Pague sempre em dia e sempre o valor total. Os juros do cartão de crédito são os maiores do mercado. Não indico que você atrase nenhuma dívida, mas se você tiver que deixar de pagar ou atrasar o pagamento de algo, que não seja a do cartão.

Sabe aquele seu amigo que é todo enrolado com o cartão de crédito?

Aquele seu amigo que cancelou o cartão de crédito porque acha que é uma furada, mas vive enrolado mesmo assim?

Inclusive ele não tem cartão de crédito, mas vive pegando o dos outros emprestado?

Compartilha isso com ele também, ele cairá na real e viverá uma vida independente em paz com o cartão de crédito.

Não deixe de nos seguir nas redes sociais:

Instagram - financas.vc

Facebook - finvc

Abraços - Cleiton Vicente!

Fotos: Pixabay

#Cartãodecrédito #Gastos #Gastoconsciente #Parcelar #BlackFriday #Comprar #Compras #Comprasdefimdeano #ComprasdeNatal #Consumista #Dicas #Dinheiro #Dívidas #Economia #Economizar #EducaçãoFinanceira #Empréstimo #Financiamento #Finanças #FinançasPessoais #Inadimplência #MinhasFinanças #PassagemAérea #Poupança #Poupar #Promoção #Quitardívida #Riqueza #Sairdasdividas #Viagem #Viajar

Site personalizado por: